quinta-feira, 26 de maio de 2016

CRISE POLÍTICA: O PAIGC, através de uma conferência de imprensa pelo seu responsável pela comunicação, Oscar Barbosa diz que não aceitará "nenhum Governo que não um formado pelo partido que ganhou as eleições (o próprio PAIGC)". Garante ainda "não estar disponível para aceitar nenhum Governo ilegal" e nem pactuará com "tirania". Denuncia que o País e a democracia "estão ameaçados", e a liberdade "condicionada". AAS

JOMAV DESAFIADOR: presidente desvaloriza sanções

FONTE: RFI O presidente guineense quebrou hoje o silêncio para comentar as sanções da CEDEAO aplicadas a 19 políticos do país, entre as qu...