quinta-feira, 2 de junho de 2016

GOLPE DE ESTADO: Resta ao Povo da Guiné-Bissau (sindicatos, funcionários públicos e outros) a DESOBEDIÊNCIA CIVIL! AAS