quinta-feira, 16 de junho de 2016

GOLPE DE ESTADO: Enquanto se nomeiam ministros na mais completa ilegalidade, a União Africana pediu hoje ao PR JOMAV "o rigoroso cumprimento da Constituição da República." AAS