segunda-feira, 20 de junho de 2016

Tudo bons rapazes


O ministro Epifánio, e o João, passaram por mim hoje na rua de Moçambique. Alguém disse que o seu poiso de conspiração é na rua Justino Lopes, no escritório de interposta pessoa. O Epifánio, já se sabe, voltou a aceitar ser ministro

(alguém me explica, se calhar com um desenho, como é que alguém aceitou tomar posse e sair 48 horas depois...e voltar a entrar no mesmo barco da ilegalidade - e que se está a afundar? Mistério. E aceitar que esse alguém deixe um cargo com um salário de vários milhares de euros numa grande organização africana para ser ministro na Guiné-Bissau e receber menos de 1000€? Mais mistério ainda...mas estamos atentos.)

O João, muitos não o sabiam mas ficam a saber, era da Guinétel (companhia de telecomunicações que mais parecia de construção civil...), está de olho num cargo: director-geral da Petroguin, a empresa estatal dos petróleos. E o Epifánio veio mesmo a calhar - é o ministro dos Recursos do JOMAV, perdão, Naturais... Só espero que o João não me tire da folha de pagamentos da Petroguin...AAS