segunda-feira, 6 de junho de 2016

ÚLTIMA HORA/GOLPE DE ESTADO: "Ordens superiores" (presume-se que da direção do PAIGC ou do Governo) mandaram parar as barricadas. Está escuro, e nunca se sabe...estamos aqui misturados. AAS


HORA DE FECHO: Fecho os olhos e tento imaginar o ambiente hoje no jantar oferecido pelo PR aos jogadores e equipa técnica da selecção de futebol da Guiné-Bissau.

Imagino os atletas (parabéns pela presença no CAN/Gabão), deito um olhar esguio ao presidente da Federação - e a dívida que tem para com os jogadores e equipa técnica; sinto nos ombros o peso da omnipresente tropa, e, quase que de certeza absoluta, desvio o olhar a um presidente sisudo.

Não há jantares grátis. O que vale é que o rídiculo, pacientíssimo, continua a não matar. Eu, se fosse jogador ou membro da selecção não iria, decididamente, a esse jantar. É preciso protestar. Ah este nosso confundido tempo! Boa noite a todos. AAS