sábado, 9 de julho de 2016

NOTÍCIA DC: "C'est mon ami, Baciró"


A trapalhada criada pelo presidente da República, José Mário Vaz, com a demissão do governo do Eng. Carlos Correia, está a trazer amargos de boca ao poder golpista de Bissau. Baciro Dja viaja amanhã para o TOGO, onde se encontrará com o PR JOMAV.

A ideia, segundo uma fonte, é "apresentar" o primeiro-ministro de "iniciativa presidencial" (completamente ilegal e inconstitucional) a quatro ou cinco países da sub-região para tentar 'sacar' algum

Financeiramente, o País está nas lonas, e nos corredores das Finanças tem sido um corrupio: "o vai e vem de governantes não dá sinais de abrandar" - é cada um a sacar o seu.

Para minimizar o sufoco, o 'PM do PR' viaja amanhã para o Togo, onde se encontrará com um JOMAV recém-operado. "Será um périplo por quatro/cinco países da sub-região, para tentar desatar o nó criado pelo próprio presidente da República", revelou a fonte. Uma crise que parece não ter fim e que já dura há 1 ano.

O cerco montado pela comunidade internacional (CEDEAO, CPLP e, para já, a União Europeia) está a sufocar o País, e tudo indica que se vai agudizar, pois agora a UE ensaia a imposição de sanções a políticos envolvidos nesta trapalhada. AAS