sábado, 27 de agosto de 2016

DIRECTO DC/FALA O LÍDER



"Tenho orgulho de ver o Camarada Inácio Correia ao lado do Presidente de ANP, assim como os nossos fiéis deputados defendendo as orientações do partido, estou feliz e a todos eles digo obrigado. - DSP, presidente do PAIGC

Ainda DSP relembrou o passado: "Quando estava em curso um plano de golpe de estado e eu senti-me na obrigação de dizer a todos que não tínhamos garantia da vida deles e para isso dei a ordem de se retirarem da sala e tive uma resposta: este é aquele momento em que damos nossas vidas para o bem estar do partido e do povo guineense, a eles todos hoje digo obrigado pela coragem e determinação."

Quer dizer ja la vão 2 anos que devíamos estar a falar e não conseguimos, porque tínhamos dito a todos "façam fotografias para que no fim do nosso mandato possam vir nos pergunta e ou melhor fazer a comparação do que encontramos e o que temos feito", mas infelizmente nos foi negado o nosso pedido e hoje estamos assim como estamos. Quem tem razão nunca pode ter medo por isso nós não temos medo. Amílcar Cabral bem disse: nem todos são do partido! Hoje as perguntas são fáceis de fazer: é tentar saber porque que não podemos estar bem um com outro.

Há grupo de gentes que querem incutir na cabeça das pessoas, coisas que só nos podem fazer mal, coisas como "Djintis de Praça, Cristons, no ca gosta di muçulmanos" mas tudo isso é coisa dos fracos, mentiras e deturpações. Tudo o que fizemos dentro do Partido a primeira coisa é homenagem aos combatentes de liberdade da patria, e muitos deles eram, são muçulmanos. Dizem que o nosso plano estrategico é fraco, mas é tão fraco que não conseguiram aumentar uma so vírgula e ainda querem fazer aprovar o que é nosso, do PAIGC, por direito.

Os inimigos do nosso grande partido ainda estão tentando de todas formas silenciar as pessoas, prender deputados sem lhes tirar imunidade, ir a casa das pessoas no calar da noite para silenciar as pessoas. Nada conseguirão a não ser desacreditarem a eles mesmos.

Se alguma vezes o PAIGC esteve determinado na sua luta, agora mais que nunca está e estara determinado, estamos dispostos a perdoar quem quer que seja mas a diciplina partidaria e o estatuto do Partido tem de ser escrupulosamente respeitado." - DSP