quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Jogos Paralímpicos Rio 2016: Guiné-Bissau pode ficar em terra


O Comite Paralimpico da Guine-Bissau, vem por este meio comunicar a todos os cidadaos guineenses sobre o risco e indisponibilidade da obtencao de fundo de apoio para poder marcar a sua presenca nos Jogos Paralimpico do Rio 2016 (7 a 18 de setembro), por falta de meios financeiros.

Por esta fundamental razao de grande importancia para promover a imagem e reputacao do pais no maior evento desportivo mundial para o desporto adaptado, o CPGB vem solicitor o governo para assumer um papel visivel, encorajador para ajudar desbloquear a situacao acima referenciada que e assunto do interesse nacional.

O governo apoiou o Comite Olimpico da Guine-Bissau incluisive o PM Baciro Dja, Luis Junior (protocol) e o Ministro da Juventude, Cultura e Desportos Tomas Gomes Barbosa, estiveram no rio de Janeiro para paseio e gastar dinheiro do povo (porque nem sequer foram assistir a cerimonia de abertura, somente para ver o combate de judo da Taciana e assistir o jogo de futebol da equipa de Portugal - VERGONHA!

Deficientes da Guine-Bissau NAO podem ficar indiferente com esta descriminacao da parte do Presidente da Republica, PM e M desportos.

Todos receberam cartas sobre a participacao da delegacao do CPGB nos Jogos do Rio 2016, nem sequer tiveram a vergonha de ao menos responder as respectivas cartas! Porque? INCOMPETENCIA? MA FE? ESTES SAO OS NOSSOS GOVERNANTES?

Nao fomos aos Jogos africanos 2015, Jogos da CPLP em Cabo Verde, etc. E tem dinheiro para viajarem para o o Rio de Janeiro? Hotel? Etc? Etc?

Caro amigo Aly, com este pequeno apanhado penso que poderia ajudar-nos a divulgar um grito de revolta!

Leitor identificado