segunda-feira, 1 de agosto de 2016

OPINIÃO AAS: Um presidente obcecado por ditadores


Bloqueado o país, depois de sucessivas actuações desastradas, o PR da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, tomou o caminho fácil que leva ao perigo, sem medir as consequências dos seus irreflectidos actos. Para cimentar o seu apetite ditatorial, nada melhor do que começar pelo STJ. Ali, apurou o DC, foram injectados 150 milhões de FCFA para cada corrupto - aliás alguns estão já em Lisboa procurando casas para comprar...

Fotografias junto de ditadores são mais que as mães: Omar Al-Bashir, do Sudão, acusado e perseguido por crimes contra a humanidade pelo TPI - Tribunal Penal Internacional; Teodoro Obiang Nguema, um ditadorzeco da Guiné Equatorial, famoso por comer os testículos dos seus opositores; Yayha Jammeh, um maníaco perigoso e mentiroso, entre outros.

Por sua vez, o seu primeiro-ministro que anda aos papéis, ratifica acordos que não assinou, com promessas de formação de grupos da morte para vir aterrorizar os europeus com bombas e sabe-se lá que mais: É TEMPO DE PARAR O JOMAV caso contrário os cidadãos europeus começarão a saltar que nem pipocas...

De facto, Bissau está pela hora da morte! Grupos fundamentalistas islâmicos criaram raízes e espalham-se como ratos, com campos de treino e aguardam apenas pela melhor oportunidade para massacrar 'brancos'.

Mas nem tudo são más notícias. A CIA e a DEA, soube o DC junto da representação norte-americana em Dacar, activaram as suas adormecidas antenas e elementos destas duas polícias estão em Bissau, para a monitorização de movimentos suspeitos. AAS