quinta-feira, 29 de setembro de 2016

CARLOS LOPES/A VEZ DE ÁFRICA: Da União Africana para Secretário-Geral da ONU?


"Carlos Lopes, inteligentemente, faz uma retirada antecipada e estratégica visto que, brevemente, as Nações Unidas terão um novo Secretário-Geral e certamente vão ocorrer mudanças na maioria dos Comissários, Secretários-Gerais Adjuntos e Representantes permanentes. Carlos Lopes aproveita a oportunidade surgida para a União Africana com a nobre e curricular tarefa da sua reforma, passando desta feita a residir na África do Sul, deixando Addis Abeba, na Etiópia.

Com esta nova função, abre-se-lhe a grande oportunidade: a chegada do momento de África apresentar o seu candidato para dirigir a ONU. Será um caminho aberto ao Sociólogo e Investigador de renome mundial para concorrer por mérito e com o apoio inequívoco da maioria dos países de expressão portuguesa e anglófona.

Guineense, Carlos Lopes foi Representante do PNUD no Zimbabwe, no Brasil e chefiava agora a UNECA. Mas com a residência já confirmada na África do Sul, será a oportunidade de angariar simpatia do país motor da economia da região da SADC, e de África, além da própria Etiópia, pais que alberga a Sede da UA.

Congratulations, caro e ilustre compatriota. Embaixador da Pátria de Cabral no mundo fora. Deus lhe abençoe e lhe proteja. Viva a Guiné-Bissau e que vivam os guineenses.

Justino Lima
"