quinta-feira, 29 de setembro de 2016

OPINIÃO: Não Porque Sim


Cuba, Fidel Castro e o povo de Cuba merecem certamente a medalha Amilcar Cabral - a mais alta condecoração do Estado da Guiné-Bissau. Cubanos derramaram o seu sangue na luta armada de 11 anos pela conquista da nossa (in)dependência, e nunca levaram nada daqui ao contrários dos oportunistas chineses...

A única nódoa em todo este processo foi o timming escolhido pelo PR José Mário Vaz: com o País parado há mais de um ano, com uma crise que merecia maior engajamento do próprio PR, é triste ver José Mário Vaz armado em Zé das medalhas pavoneando-se pelo mundo a mentir e a deturpar tudo.

Por tudo isto, o JOMAV, o homem, o presidente que meteu o País nesta crise que mais parece um poço sem fundo, não tem sido digno e não merece continuar no cargo de presidente da República da Guiné-Bissau.

Um obrigado e todo o nosso profundo reconhecimento a Cuba.
AAS