quinta-feira, 1 de setembro de 2016

PJ deteve ontem um funcionário guineense das Nações Unidas,.pela violação da própria filha de 17 anos de idade. O suspeito será ouvido hoje, ou amanhã, por um juiz. AAS

CPLP: Secretária-executiva lamenta "silêncio assustador" sobre a Guiné-Bissau

A secretária-executiva da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) defendeu este sábado (17.02) a urgência da criação de um " ...