quinta-feira, 27 de outubro de 2016

INVESTIGAÇÃO DC/ESCÂNDALO NA EMISSÃO DE PASSAPORTES DIPLOMÁTICOS E DE SERVIÇO


Na secretaria de Estado da Cooperação e Comunidades, com AUGUSTO POQUENA ao leme, o ambiente é de cortar à faca. É o orgia total. Ditadura do Consenso apurou que se vende cada passaporte diplomático por 500.000 fcfa (pouco menos de 1000€).

Um investigação do DC apurou que foram já emitidos, no total, 85 passaportes (52 diplomáticos e 33 de serviço). Por que motivo, ninguém sabe!!!

No mês de julho, emitiram-se 15 passaportes diplomáticos e 13 de serviço; no mês de agosto foram 12 diplomáticos e 16 de serviço e em setembro 25 passaportes diplomáticos viram a luz do dia e 4 de serviço tiveram a mesma sorte.

A situação chegou a tal ponto que um dos assessores de Augusto Pequena, Fernando Yala, do mesmo partido - o PRS (o tal partido que só ganhou uma eleição em 2001...e manda na Guiné-Bissau até hoje e até ameaçam agora o PR JOMAV com golpe de Estado) - deixou mesmo de ir ao serviço, de tanta vergonha.

DC sabe que o próprio MNE, Soares Sambu, sabe disso e anda com os cabelos em pé. Ao PGR, Sedja Man, que mande investigar, pois lá na Europa estão à espera deles...AAS