sábado, 24 de dezembro de 2016

ABATE DE ÁRVORES CONTINUA: A ONG Tiniguena denunciou estar em curso uma nova onde clandestina de corte de madeira nas florestas da Guiné-Bissau, nas regiões de Quinara e Tombali (sul do país), nas de Bafatá e Gabú (leste) e na região de Oio (norte). A madeira é, supostamente, transportada clandestinamente para a República da Gâmbia.