domingo, 8 de janeiro de 2017

CRIME: Guineense morto com um tiro na cabeça


Um cidadão guineense de 30 anos foi morto num tiroteio, por volta das 8h00 deste domingo, junto à discoteca Avenue, na Avenida Afonso Henriques, em Coimbra.



A vítima, que foi baleada na cabeça e na zona do tórax, era segurança na discoteca. Os disparos começaram após uma discussão entre duas mulheres.

O segurança levou uma das mulheres para o exterior do espaço e, nesse momento, o autor dos disparos, que é namorado de uma das mulheres, passou de carro e disparou sobre o segurança.

Segundo moradores, foram ouvidos cerca de seis tiros. O segurança, Kunba Mendes, de origem guineense, vivia em Coimbra há quatro anos. Uma mulher, que foi atingida nos pés, também foi transportada para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

O autor do homicidio voltou pouco tempo depois e fez mais três disparos. O INEM esteve no local e foram executadas manobras de reanimação mas a vítima não resistiu. O suspeito continua em fuga, mas há a possibilidade de haver mais envolvidos no homicídio. A PSP e a PJ estão no local.

DSP: Em entrevista à Deutsche Welle, o líder do PAIGC mostrou-se "optimista" com o fim da crise

Guiné-Bissau: Impasse político perto do fim? Em entrevista exclusiva à DW África, líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira, mostra otimismo...