quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

SANÇÕES A POLÍTICOS: O Conselho de Segurança das Nações Unidas está a estudar a imposição de sanções a políticos guineenses que estão a inviabilizar a implementação dos acordos de Conacri. De acordo com fontes diplomáticas, a CEDEAO e a UNIÃO AFRICANA, que estão na linha da frente das negociações - sob mandato da UA que depois reporta à ONU - forneceram já dados importantes desta crise ao Conselho de Segurança da ONU. AAS

EUA: Nem sim nem sopas

O novo embaixador dos Estados Unidos para a Guiné-Bissau e com residência em Dacar/Senegal, Tulinabo Mushingi, disse hoje que o 'status ...